Categorias
Ensino

Quick memories #01

Bem-vindos a estréia de “Lembranças rápidas”, como o nome diz, fazer lembrar o que sabemos numa perspectiva atual, dando um “up” em uma leitura de breve minutos; com o objetivo principal de enriquecer o nosso conhecimento e entendimento no exercício do “Chamado e Ofício”, depositados em nossas vidas.
Pré-julgar não é nosso direito! Quando a palavra de Deus nos faz refletir sobre “viver para si”, nos questiona por que fazemos a nossa vontade mediante aos nossos anseios e de acordo com o conhecimento, aplicado de maneira errada; passamos a ser juízes, proferindo pré-julgamentos para com outros. Pois todos compareceremos diante do tribunal de Deus.
Porquanto está escrito: “Por mim mesmo jurei, diz o Senhor, diante de mim todo o joelho se dobrará e toda língua confessará que Eu Sou Deus”.
Vamos refletir: Não quero dar ênfase sobre a vida e a morte biológica, e sim, do nosso viver ou adormecer espiritual.
Nos posicionamos, como cheios de conhecimentos teológicos, em pré-julgar ao próximo, principalmente ao nosso irmão ou nossa irmã em Cristo Jesus.
Por exemplo: os irmãos que jejuam criticam os irmãos que não jejuam, como também, alguns que receberam “o dom de variedades de línguas”, acham-se superiores dos que não receberam, talvez por que têm o entendimento distorcido sobre o “batismo do Espírito Santo”. Ao criticar o comportamento e ministério que está sobre o irmão ou a irmã, estou pré-julgando a escolha de Jesus, pois, foi Ele que nos escolheu para fazermos obras maiores.
Se verdadeiramente “pertencemos ao Senhor” não podemos adormecer espiritualmente ou seja “morrer em vida” para os desígnios e os propósitos de Deus para conosco; somos filhos, escolhidos para obras maiores e entre elas, exercer o “Amor Ágape” com excelência.
Em resumo, a palavra mencionada em Romanos, 14:7-11 nos admoesta mansamente, a estender nosso conhecimento alcançado aos nossos irmãos que estarão diante de nós e não ajuizá-los. Somos cooperadores para que eles sejam aperfeiçoados (Hb 10:14), assim como nós, também cumpram o “Chamado”, amém!
@Ap Arruda(Yohanan Shamaym)