Categorias
Ensino

Quick memories #13

“Lembranças rápidas”, como o nome diz, fazer lembrar o que sabemos numa perspectiva atual, dando um “up” em uma leitura de breve minutos; com o objetivo principal de enriquecer o nosso conhecimento e entendimento no exercício do “Chamado e Ofício”, depositados em nossas vidas.
Shalom Adonai é uma expressão do hebraico que significa “a Paz do Senhor”.
É composta por duas palavras “Shalom” que significa “paz” e “Adonai” que significa “meu Senhor”. Em várias passagens do Antigo Testamento a palavra Shalom é pronunciada como um cumprimento entre os pastores. Os judeus usam a palavra Shalom como uma saudação e também como uma despedida.
É como o nosso cumprimento de olá, bom dia, adeus etc.
A palavra Shalom transmite o desejo de paz, harmonia, bem estar e prosperidade para aqueles que se cumprimentam.
Shabat Shalom é uma expressão hebraica utilizada pelos judeus como uma saudação durante o Shabbat (o 7.º dia da semana, correspondente ao sábado). Literalmente, Shabat Shalom significa “Sábado de Paz”, mas também pode ser interpretado como “paz no seu descanso semanal”, e costuma ser usado entre os judeus durante o período do Shabbat, que começa ao pôr-do-sol de sexta-feira e termina no pôr-do-sol de sábado.
Aquele que guarda um dia especial, para o Senhor assim o considera. Aquele que se alimenta de carne, o faz para o Senhor, pois dá graças a Deus; e aquele que se abstém, para o Senhor se priva, e também dá graças a Deus. (Romanos, 14:6)
Porquanto, todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Pois vós não recebestes um espírito que vos escravize para andardes, uma vez mais, atemorizados, mas recebestes o Espírito que os adota como filhos, por intermédio do qual podemos clamar: “Abba, Pai!” O próprio Espírito testemunha ao nosso espírito que somos filhos de Deus.
(Romanos, 8:14-16)
Shabat Shalom Adonai Abba (Sábado de Paz e Prosperidade do Senhor Deus e Pai, aleluia!).
@Ap Arruda(Yohanan Shamaym)

Categorias
Ensino

Quick memories #12

“Lembranças rápidas”, como o nome diz, fazer lembrar o que sabemos numa perspectiva atual, dando um “up” em uma leitura de breve minutos; com o objetivo principal de enriquecer o nosso conhecimento e entendimento no exercício do “Chamado e Ofício”, depositados em nossas vidas.
Tito, 1:9 “e apegue-se firmemente à fiel Palavra, da forma como foi ministrada, a fim de que seja capaz tanto de encorajar os crentes na sã doutrina quanto de convencer os que se opõem a ela”.
O Crente pode se aperfeiçoar na carne?
Resposta 1: Não, porque o pecado matou o corpo.
Romanos, 6:10 “Porque ao morrer para o pecado, morreu de uma vez por todas para o pecado, todavia, quanto ao viver, vive para Deus”.
Resposta 2: Não; porque a carne é de humilhação.
Filipenses, 3:20-21 “No entanto, a nossa cidadania é dos céus, de onde aguardamos com grande expectativa o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que transformará nossos corpos humilhados, tornando-os semelhantes ao seu corpo glorioso, pelo poder que o capacita a colocar tudo o que existe debaixo do seu pleno domínio”.
Se sou eleito e salvo posso viver pecando?
Resposta: Não; porque não podemos satisfazer a carne.
Gálatas, 5:16 “Portanto, vos afirmo: Vivei pelo Espírito, e de forma alguma satisfareis as vontades da carne!”
Romanos, 13:14 “Ao contrário, revesti-vos do Senhor Jesus Cristo; e não fiqueis idealizando como satisfazer os desejos da carne.”
Devemos dizimar e ofertar?
Resposta 1: Sim; devemos semear com alegria.
II Coríntios 9:6,7 “Lembrai-vos: “aquele que pouco semeia, igualmente, colherá pouco, mas aquele que semeia com generosidade, da mesma forma colherá com fartura”. Cada pessoa coopere conforme tiver proposto em seu coração, não com pesar ou por constrangimento, pois Deus ama o doador que contribui com alegria.”
Resposta 2: Sim; porque Ele nos dá a semente e a provisão
II Coríntios 9:10 “Aquele que oferta a semente ao que semeia, e pão ao que tem fome, também vos suprirá e multiplicará a semente e fará desenvolver os frutos da vossa fidelidade.”
Devemos confessar para obter vitórias?
Resposta 1: Sim; porque nos cremos, por isso falamos.
II Coríntios 4:13 “Assim está escrito: “Cri, por isso declarei!” Com esse mesmo espírito de fé, nós igualmente cremos e, por esse motivo, falamos.”
Resposta 2: Sim, porque devemos Louvar e confessar.
Hebreus 13:15 “Sendo assim, por intermédio dele, ofereçamos continuamente a Deus um sacrifício de louvor, que é o fruto de lábios que confessam o seu Nome.”
Resposta 2: Sim; porque devemos conservar firme a nossa confissão.
Hebreus 4:14 “Concluindo, tendo em vista que temos um grande sumo sacerdote que foi capaz de adentrar os céus, Jesus, o Filho de Deus, mantenhamos com firmeza nossa declaração pública de fé.”
Palavra final:
Aos que não se mantém firmes no estudo da Palavra da Graça de Deus, orientei de acordo com o ensinamento da Sã Doutrina, através das respostas.
Somente submetidos e comprometidos com o ensino, conferindo coisas espirituais com espirituais, estaremos livres do engano e da mentira dos que tentam corromper a Sã Doutrina.
@Ap Arruda(Yohanan Shamaym)

Categorias
Ensino

Quick memories #11

“Lembranças rápidas”, como o nome diz, fazer lembrar o que sabemos numa perspectiva atual, dando um “up” em uma leitura de breve minutos; com o objetivo principal de enriquecer o nosso conhecimento e entendimento no exercício do “Chamado e Ofício”, depositados em nossas vidas.
Somente a Graça de Deus revela o Novo Pacto, ilumina os olhos do coração; dá crescimento espiritual, amplia a visão e missão, gerando amor pela obra.
A Vontade de Deus, é melhor para nós; conhecedores, sabedores disto, estamos certo de que o pão nosso de cada dia, a provisão, a ajuda, o beneficio, o socorro que precisamos buscar no Altar de Deus não nos faltará. O Novo Pacto que nós estamos vivendo, aonde também possuímos um Altar. Só que o nosso Altar, não é mais feito de pedras; ele é espiritual. O Altar que temos hoje é o que Cristo fez por sua vida e expiação na Cruz do Calvário.
@Ap Arruda(Yohanan Shamaym)

Categorias
Ensino

Quick memories #10

“Lembranças rápidas”, como o nome diz, fazer lembrar o que sabemos numa perspectiva atual, dando um “up” em uma leitura de breve minutos; com o objetivo principal de enriquecer o nosso conhecimento e entendimento no exercício do “Chamado e Ofício”, depositados em nossas vidas.
O que é um Mestre?
Aquele que procura maneiras de explicar, esclarecer e aplicar, expondo a verdade e fica animado com ela; equipa a Igreja. Não é um dom muito reconhecido em geral, nas comunidades cristãs, por falta de entendimento acerca do seu valor, ou até por preconceito contra esses termos. As pessoas não têm qualquer receio de tratar um obreiro como “pastor”, “evangelista”, “bispo” ou até “apóstolo”. Mas não é comum um obreiro, que tem o dom de mestre ser chamado de “mestre” ou “doutor”.
@Ap Arruda(Yohanan Shamaym)

Categorias
Ensino

Quick memories #09

“Lembranças rápidas”, como o nome diz, fazer lembrar o que sabemos numa perspectiva atual, dando um “up” em uma leitura de breve minutos; com o objetivo principal de enriquecer o nosso conhecimento e entendimento no exercício do “Chamado e Ofício”, depositados em nossas vidas.
O que é ser um Pastor?
Alguém que pastoreia o povo de Deus, que cuida dos outros com um coração terno. Aquele que vê necessidades, oferece conforto e incentiva os outros. Os pastores passam a maior parte do tempo com outros cristãos, facilmente tem empatia com os outros e mostrar muita paciência com os necessitados. É o pastor quem tem autoridade para atribuir ou destituir um cargo na igreja.
@Ap Arruda(Yohanan Shamaym)